Header Ads

Irã se vinga dos EUA em ataque a bases que abrigavam americanos

Duas bases no Iraque que abrigam forças americanas e iraquianas foram atingidas por mais de uma dúzia de mísseis iranianos na noite desta terça (7) - madrugada de quarta (8) no horário local -, informou o Pentágono.
A base aérea de Ain Al-Asad, no oeste do país, é uma das que foram atingidas, e a outra está em Erbil, na região curda do Iraque.

Resumo dos acontecimentos até agora:

  • mais de 12 mísseis foram lançados pelo Irã contra 2 bases no Iraque que abrigam forças americanas e iraquianas
  • o Pentágono confirmou o ataque e o Irã assumiu a responsabilidade
  • a ação é vingança pelo assassinato do general iraquiano Qassem Soleimani
  • até o momento há o relato de vítimas iraquianas, mas não se sabe quantas, nem como estão
  • Donald Trump deve falar à nação ainda esta noite
A Guarda Revolucionária do Irã assumiu a responsabilidade pelos lançamentos dos mísseis, mas inicialmente reconheceu ter atingido apenas a base de Al-Asad. Uma fonte de segurança do Iraque disse à CNN que 13 foguetes atingiram a base, e que eles foram lançados de uma distância de cerca de 10km.
Ainda segundo fontes de segurança do Iraque, há relatos de vítimas iraquianas, mas não há informações sobre quantas são ou se elas foram mortas ou feridas. Autoridades americanas informaram à CNN que não há relatos de vítimas dos EUA.
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html