Quadrilha política liderada por prefeito está prestes a acertar contas com a justiça no Piauí

A justiça e os órgãos de combate à corrupção e crimes eleitorais estão bem próximos de fazer valer a "justiça" e cobrar com todos os rigores das leis dos que atualmente comemoram a impunidade e debocham das leis. O grupo que é composto por políticos do executivo ao legislativo corre contra o tempo ciente de que a hora do acerto de contas pelos inúmeros crimes cometidos se avizinha.

Após meses de investigação e uma das maiores operações realizadas por agentes da polícia federal no interior do estado do Piauí que apurou a suposta compra de pré-candidatos e lideranças políticas para a prática de corrupção eleitoral, o momento da onça beber água está mais perto do que se imagina.

Aliado a PF, o Ministério Público Eleitoral ciente das graves acusações e de posse de vasto material já manifestou recentemente favorável ao prosseguimento da ação que pede a cassação do prefeito e seus cúmplices, investigados por suposta corrupção eleitoral,  por entrega de dinheiro ou outras vantagens, promessa de cargo público, transporte ilegal de eleitores, movimentação de recursos financeiros não escriturados ou falsamente escriturados, além de outros atos ilícitos que se realmente comprovados, configuram em abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágio. Já já a chapa vai esquentar, até para os que entraram por último no barco dos piratas!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.