Preso acusado de latrocínio contra sargento assassinado

Os policiais da Delegacia Regional de Homicídios de Timon prenderam, na tarde de sábado (19), Gilvan Guilherme Leal, o Da Lágrima, um dos acusados do latrocínio contra o sargento José Carlos Vieira, da Polícia Militar (PM) do Piauí, que aconteceu na tarde do mesmo dia.

Da Lágrima foi preso na Rua 27, do bairro Cidade Nova, e foi reconhecido pelo amigo do Sargento. Ele estava no banco do carona da motocicleta conduzida por José Carlos Vieira no momento do crime.

Gilvan Guilherme Leal, o Da Lágrima. Crédito: Reproudução/WhatsApp.

Gilvan Guilherme Leal responde a processo por roubo e já havia sido preso no dia 28 de janeiro de 2021. Ele foi solto no dia seguinte em Audiência de Custódia.

Quando foi preso, Da Lágrima tentou se desfazer de um celular, mas os policiais civis localizaram. Ao consultar o sistema, o aparelho, estava uma lista de objetos roubados. Da Lágrima é o assaltante ou receptador do celular do blogueiro Chumbo Grosso. Ele responderá pelo crime de latrocínio, que é assalto seguido de assassinato.

Entenda o latrocínio

O sargento José Carlos Vieira, da Polícia Militar do Piauí foi morto a tiros durante assalto, na tarde deste sábado (19), na Avenida Parnarama, bairro Parque Alvorada, em Timon. Segundo informações repassadas pela capitã Tyciane Ibiapina, do 11º Batalhão do Maranhão, o policial teve a arma subtraída. A moto não foi levada, apenas a arma.

Fonte: Meio Norte 
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html