Header Ads

Homem é preso após assediar criança de 9 anos dentro de loja no PI

Um homem identificado apenas como ‘Neutro’, foi preso na manhã desta quinta-feira (29), acusado de assediar uma criança de apenas 9 anos dentro de uma loja no centro comercial de Teresina. Ele teria mostrado imagens pornográficas e feito gestos obscenos para o menor, além de segurar o mesmo pelo braço.

Em entrevista exclusiva ao Meionorte.com, a gerência da loja informou que o caso aconteceu no fim da manhã, quando o acusado teria entrado no estabelecimento e sentado no sofá da recepção do local. Em um outro assento para os clientes, estava a vítima, aguardando a mãe que estava fazendo o pagamento de uma compra no caixa, enquanto mexia em um aparelho celular.

Acusado de assediar criança em loja é preso em Teresina (Foto: Reprodução/ WhastApp)

“A gente tem uma recepção na frente da loja, que tem um sofá. Ele sentou e a gente acreditou que ele fosse um acompanhante de algum outro cliente. No outro sofá estava a criança sentada mexendo no celular. A criança correu para mãe dizendo que ele tinha mostrado uma foto. Outra cliente que tava do lado viu na hora. Ele chegou a segurar a criança pelo braço. A nossa cliente, mãe da criança, foi então para a Central de Flagrantes registrar o boletim de ocorrência. A gente acionou a Polícia Militar, que realizou a prisão. Ele tentou até sair da loja, mas impedimos, junto com outros clientes que estavam no momento. Mas ele ficou sentado, tranquilo”, explicou a gerente da empresa, que preferiu não se identificar.

Informações colhidas pela reportagem com vizinhos do acusado, que é morador do Planalto Ininga, apontam que ele teria problemas mentais. “A gente imaginou isso pelo comportamento dele. Ele ficou rindo da situação, quando a mãe ficou gritando. Ele ficou rindo tipo mesmo debochando. Ele estava sem máscara. A gente ia abordar ele para colocar e foi na mesma hora que aconteceu a situação. Diante da polícia também ele riu, muito tranquilo”, disse a gerente.

A loja deu detalhes ainda sobre os gestos que ‘Neutro’ fez e sobre a foto que mostrou para a criança. “Era uma foto pornográfica de um órgão masculino e feminino na penetração e ele fez um gesto obsceno com a mão de relação sexual. Ele segurou no braço dela e fez o gesto, quando ela se levantou ela foi contar para a mãe”, finaliza.

A reportagem esteve ainda na Central de Flagrantes para colher mais informações sobre o caso, quando flagrou o acusado saindo do local normalmente após ter sido liberado. Ele saiu caminhando pelas ruas da região em destino ignorado.

Homem acusado de assédio foi liberado na Central de Flagrantes (Foto: Ivan Lima/ portal Meio Norte)

Fonte: Meio Norte 
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html