Header Ads

Capote não encara pandemia com seriedade

Nos últimos dias, o Barras viu o número de contaminados e mortes por covid-19 aumentar assustadoramente. Em apenas 24hs mais de 26 casos já foram confirmados. Os dados barrenses assustam os munícipes e toda a região dos cocais principalmente pela comparação com as outras cidades também afetados pelo novo coronavírus.

Sem planejamento e com ações e restrições tardias por parte do poder público, Barras colapsou e suas famílias vivem atualmente as consequências causadas pelo avanço da epidemia.
Uma das claras demonstrações de que a atual gestão através do prefeito Edílson Capote e da Secretária Dra Luana Lages não estão encarando a pandemia com seriedade é o fato do prefeito não ter aderido ao Consórcio Público para a aquisição de vacinas contra o Coronavirus. É preciso que Capote e Luana entendam que as vacinas enviadas pelos governos federal e estadual são insuficientes para a imunização/vacinação de todos os barrenses. Para a gestão e seus defensores é mais cômodo colocar a culpa só na população, mais a prefeitura e a Secretaria Municipal de Saúde tem sim responsabilidade sobre o atual caos e colapso do sistema de saúde de Barras.
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html