Header Ads

OMS sugere máscara contra Covid-19 para crianças só a partir de 5 anos

EZRA ACAYAN/GETTY IMAGES

Com a pandemia do coronavírus, um dos questionamentos mais recorrentes quanto ao uso de máscaras é se crianças também precisam usá-las, apesar de, em sua maioria, serem assintomáticas ou terem sintomas leves quando infectadas. A Organização Mundial de Saúde (OMS) publicou, nesta sexta-feira (21/8), uma atualização que ajuda a responder à pergunta.

Segundo a entidade, crianças abaixo de 5 anos não precisam usar o item — a decisão foi tomada levando em consideração a segurança e a capacidade de usar a máscara de forma correta sem assistência. A exceção fica para o caso de a máscara ser recomendada pelo governo dos país ou se houver proximidade com uma pessoa doente.

Para crianças entre 6 e 11 anos, é preciso levar em consideração alguns fatores: se há transmissão comunitária na área, habilidade de usar a máscara de forma segura e correta, acesso ao item (assim como a meios de higienização e troca), se há supervisão de adulto, impacto no processo de aprendizado e desenvolvimento psicossocial e quais são as interações que a criança tem no dia a dia (se vive com idosos ou pessoas com comorbidades).

A OMS recomenda que crianças com mais de 12 anos usem máscara sob as mesmas condições que os adultos, principalmente quando não for possível garantir distanciamento mínimo de um metro.

A entidade diz ainda que nenhuma criança deve usar máscara enquanto faz atividades físicas, para evitar a dificuldade em respirar.

Antes desta recomendação da OMS, o Ministério da Saúde havia indicado o uso de máscaras no Brasil para todas as faixas etárias. Já a Sociedade Brasileira de Pediatria sugeriu a adoção do item de proteção apenas para crianças acima de dois anos, lembrando que entre dois e cinco anos, existe a necessidade de supervisão constante de um adulto.

Fonte: Metropoles
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html