Header Ads

Novo modelo do Bolsa Família divide o benefício em três áreas



O programa social Bolsa Família pode sofrer alterações no novo modelo elaborado pelo governo do presidente Jair Bolsonaro. A ideia é dividir o programa em três áreas. Além da tradicional, paga às famílias de baixa-renda, o Bolsa Família prevê o benefício para outras duas áreas: primeira infância, para crianças até três anos; e jovens até 21 anos. Outra mudança deve ser no nome do programa, que pode passar a se chamar “Renda Brasil”. O orçamento previsto para o programa em 2020 é de R$ 29,3 bilhões. A nova proposta deverá ser analisada em conjunto pelos ministérios da Economia, da Cidadania e pela Casa Civil e, então, levada novamente a Bolsonaro.
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html