Header Ads

Mãe de jovem morta por trem desabafa: "Era usuária desde os 12 anos"

A mãe da jovem identificada como Mariana Stefane da Silva, de apenas 19 anos, que foi encontrada morta após ter sido atropelada por um trem de carga no bairro Matinha, na região Centro Norte de Teresina, conversou com o repórter Kilson Dione e desabafou sobre a vida que a filha levava ultimamente. 

“Ela é usuária de drogas desde os 12 anos, foi um trem cargueiro de 5h que matou minha filha, que vem de São Luis para cá, a única coisa que eu seu. A última vez que eu vi ela foi sexta-feira, ela passou na casa da minha vizinha que eu estava lá me pedindo dinheiro para usar drogas, eu disse que não tinha, mas eu tinha e não dei. Ali ela estava se despedindo de mim”, afirmou ela emocionada. 


Segundo ela, a jovem estava na companhia de outro jovem, mototaxista. “Quando vi ela sexta ela estava com um rapaz novo, mototaxista. Mas agora eu quero providências, quero saber porque o maquinista não viu ela nos trilhos, se alguém deixou ela lá”, disse. 

“Eu sofro com ela desde os 12 anos, já internei em vários lugares, foi o crack maldito que destruiu ela. Ela era uma menina boa, estudava, aí começou a usar drogas e não me obedecia mais”, declarou. 



Fonte: Meio Norte
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html