Saiba quem é a estudante mais idosa do mundo, com 94 anos; conheça

Aluna do 3º módulo do Centro de Educação de Jovens e Adultos João Barracão, em Petrolina/PE, Maria Edelzuita de Souza, a Dona Edelzuita, de 94 anos, pode ser considerada a aluna da educação básica mais idosa do mundo, superando em uma década o recorde anterior registrado pelo queniano Kimani Maruge Ng'ang'a, que entrou para o Guinness Book aos 84 anos. As informações são do Portal Folha de PE.

FOTO: JOSIMAR OLIVEIRA


A jornada de Dona Edelzuita começou em 2022, quando, aos 93 anos, ela decidiu realizar o sonho de aprender a ler e escrever, algo que lhe foi negado durante a infância.

Naquela época, seu pai, um lavrador, não permitia que meninas frequentassem a escola, temendo que a alfabetização lhes desse a habilidade de escrever "cartas para os namorados".

No entanto, sua mãe, uma dona de casa letrada, ensinou-lhe as letras, as sílabas e como juntá-las para formar pequenas palavras. Por muitos anos, essa foi toda a educação formal que ela recebeu.

Dona Edelzuita, reconhecendo o poder transformador da educação, priorizou os estudos dos nove filhos que teve com seu marido, José Rufino. Todos eles concluíram o 2º grau, atual Ensino Médio, e seguiram suas vocações profissionais. Foi somente após perder o companheiro, com quem compartilhou 60 anos de sua vida, que ela decidiu resgatar seu sonho de infância e se matriculou na escola.

A estudante agora sonha em escrever um livro para compartilhar sua inspiradora história de determinação e superação.
Tags

#buttons=(Aceitar!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Leia Mais
Accept !