Crime brutal é julgado em Barras

O Ministério Público e o juizado de Barras realizam a mais importante ação no Dia Internacional da Mulher (08/03). Trata-se do julgamento de um caso bárbaro de feminicídio realizado na cidade. Desde 8:30 da manhã, o réu está sendo julgado na Câmara Municipal de Barras. O réu é Carlos Santos Soares de Paula, acusado de matar Bruna Roberta Sousa da Silva de Paula, sua companheira, com três facadas.

O crime aconteceu em 2014, mas o acusado só foi preso somente cinco anos depois, pois estava foragido no estado do Maranhão. Hoje, após 9 anos e várias mudanças do júri, finalmente o acusado do feminicídio está sendo julgado.


#buttons=(Aceitar!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Leia Mais
Accept !