Polícia encontra cabeça de jovem morto com 125 facadas; suspeitos presos no Piauí

 Divulgação / Polícia Civil

A Polícia Civil encontrou a cabeça de Mateus dos Santos Sousa, de 19 anos, na quinta-feira (12), em um córrego do Novo Gama, cidade goiana no Entorno do Distrito Federal (DF). Segundo a investigação, o jovem foi morto com 125 facadas e decapitado ainda vivo em Brazlândia, no DF, há três meses.

O delegado Roney Marcelo informou que o crime aconteceu em 13 de maio deste ano. O jovem tinha envolvimento com tráfico de drogas e foi assassinado por vingança. Os suspeitos são um pai, de 41 anos, e seus dois filhos, de 22 e 19. Eles foram presos em 25 de julho, em São Raimundo Nonato (PI).

A reportagem não localizou a defesa dos suspeitos para se manifestar.

Após serem transferidos para um presídio do Distrito Federal, os suspeitos indicaram a localização da cabeça, que era a última parte do corpo que faltava ser encontrada.

"Foi uma vingança, em tese. A vítima teria tentado matar o pai por uma dívida de droga, mas não conseguiu. O pai ficou mal à época, internado no hospital. Isso foi há dois anos. Agora ele decidiu se vingar e teve ajuda dos dois filhos", explicou o delegado.

Segundo a investigação, o corpo foi abandonado em Brazlândia. Depois, os suspeitos colocaram a cabeça no carro, atravessaram a divisa entre DF e GO, e a jogaram num córrego do Novo Gama.

Investigação

A apuração da Polícia Civil foi divida em partes, segundo o delegado Mozeli da Silva, que também participou da investigação. Primeiro, a corporação identificou os autores e as circunstâncias do crime.

No segundo momento, a polícia partiu para a localização dos suspeitos, que estavam foragidos em uma cidade do Piauí.

"Os autores não fizeram questão de esconder suas identidades. O crime começou em um bar de Goiás e terminou no córrego da ponte Maranata, no DF, onde o corpo foi jogado. Agora, encontramos a cabeça num córrego de Novo Gama", explicou o delegado.
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html