Header Ads

Prefeito de Barras vai gastar R$ 2,1 milhões com peças para veículos

O prefeito de Barras, Edilson Capote (PSD), firmou contrato com cinco empresas por meio do Pregão Presencial 017/2021 para fornecimento de mais de R$ 2,1 milhões em peças para os veículos da Prefeitura Municipal de Barras.

O primeiro contrato (049.1/2021) foi firmado com a empresa Original Auto Peças e Serviços Automotivos, de nome fantasia Original Auto Serviços, situada no bairro Santo Antônio, na zona sul de Teresina, pelo valor de R$ 434.036,96 (quatrocentos e trinta e quatro mil, trinta e seis reais e noventa e seis centavos), referente aos lotes 01,02,16 e 18.

Foto: Reprodução/Facebook
Edilson Capote

O segundo contrato (049.2/2021) foi assinado com a empresa Valdenir Alves Moura Eireli, de nome fantasia Servcar Autopeças e Serviços Mecânicos, localizada na Avenida Wall Ferraz, na zona sul de Teresina, pelo valor de R$ 345.000,00 (trezentos e quarenta e cinco mil reais), referente aos lotes 03,05,13 e 14.

O terceiro contrato (049.3/2021) foi firmado com a empresa Excelência Centro Automotivo LTDA, de nome fantasia Excelência, situada no bairro Ininga, na zona leste de Teresina, pelo valor de R$ 302,595,97 (trezentos e dois mil, quinhentos e noventa e cinco reais e noventa e sete centavos), referente aos lotes 04,09,10 e 12.

O quarto contrato (049.4/2021) foi assinado com a empresa AutoFacil Eireli, de nome fantasia AutoFacil, situada no bairro Morros, zona leste de Teresina. A empresa vai receber R$ 414.432,22 (quatrocentos e quatorze mil, quatrocentos e trinta e dois reais e vinte e dois centavos), referente aos lotes 06,08 e 17.

Já o quinto contrato (049.5/2021) foi firmado com a empresa M de L Costa Freitas Eireli, de nome fantasia Santa Luzia Auto Peças, localizada na Avenida Juscelino Kubitschek, em Barras, pelo valor de R$ 659.000,00 (seiscentos e cinquenta e nove mil reais), referente aos lotes 07,11 e 15.

Ao todo, a Prefeitura de Barras vai desembolsar com as contratações R$ 2.155,067,15 (dois milhões, cento e cinquenta e cinco mil, sessenta e sete reais e quinze centavos).

Os contratos foram assinados pelo prefeito Edilson Capote no dia 30 de abril e valem por 12 meses. Os extratos foram publicados no Diário Oficial dos Municípios do dia 06 de maio.

Confira os extratos dos contratos






Outro lado

Procurado na manhã desta quinta-feira (15), o prefeito Edilson Capote afirmou, por meio de sua assessoria de comunicação, que esse valor é o teto máximo que as licitações preveem. "Esse valor é o teto máximo que as licitações preveem. Não significa dizer que a prefeitura vai comprar todo o valor durante o período que o certame tiver validade. É assim em Barras e em todo lugar. Quando fala-se em 'valor máximo', refere-se a um preço-teto máximo que a Administração poderá inserir no edital como critério de aceitabilidade de propostas, funcionando como vetor de desclassificação de propostas", afirmou.

FONTE: GP1
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html