Velório de padre vítima da Covid tem caixão aberto e aglomeração; veja

Reprodução/Redes sociais

O velório do padre Fernando Antônio Silva de Souza, de 37 anos, que morreu na segunda-feira (22/6), vítima da Covid-19, foi alvo de críticas por ter o caixão aberto. A cerimônia aconteceu em Vitória (ES), nesta terça-feira (22/6), e ainda teve registros de aglomeração.

Como o padre morreu pela Covid-19, a recomendação da Secretaria de Estado de Saúde (Sesa) é que o corpo seja entregue aos familiares já em uma urna lacrada para que não haja disseminação da doença. A indicação, no entanto, não foi respeitada, e a Sesa recomendou que todos os que estiveram presentes façam o teste de coronavírus, do tipo RT-PCR, em 72 horas.

Nas imagens divulgadas pela Arquidiocese de Vitória, é possível ver fiéis tocando no corpo do padre e uma grande aglomeração, sem qualquer distanciamento social. A cerimônia foi comandada pelo arcebispo Dom Dario Campos, de 73 anos.

FONTE: METRÓPOLES
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html