Header Ads

Jovem é morta a facadas por vizinho dentro de condomínio

Uma jovem identificada apenas como Carol, foi morta dentro de um apartamento, no Condomínio Recanto Verde 2, em São José de Ribamar, no Maranhão, foi preso por policiais militares na noite dessa segunda-feira (10).

O suspeito do assassinato foi identificado como Carlos Cezar, que trabalha como peixeiro e é vizinho da vítima foi preso logo após o crime. O assassino é casado e mora há muito tempo no condomínio. Para matar a jovem, ele arrebentou a porta do apartamento dela. Há suspeitas de que ele tenha tentado estuprar a vítima e houve reação. Ela foi morta com quatro facadas.
  

Jovem sofreu tentativa de estupro e foi morta a facadas por vizinho no Maranhão

No momento da perícia, policiais perguntaram onde ele estava que não viu a ação criminosa. Carlos Cezar teria dito que estava tomando banho, com a tv ligada e não ouviu nada. No entanto, ele estava exalando hálito de bebida alcoólica e demonstrava nervosismo.

“Ele ficou o tempo todo no local, acompanhando o trabalho da perícia, e chegou a abraçar a mãe da menina", disse uma moradora do condomínio.

A polícia decidiu prender Carlos Cezar após a revelação de um vídeo do sistema de monitoramento, onde ele aparece jogando uma sacola no lixo, logo após o crime. Na sacola, a polícia encontrou roupas dele, usadas no momento do crime, e as sandálias da vítima.

“Depois que o corpo foi levado para o IML, ele saiu com a esposa em uma motocicleta, mas não demorou muito. Em seguida, ele foi preso pela polícia”, diz um moradora. No momento da prisão do assassino, os policiais dispararam tiros para o alto porque moradores, revoltados com o crime bárbaro, queriam linchá-lo.

Corpo foi removido de dentro do apartamento pelo IML
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html