Header Ads

Corpo de mulher morta há seis anos é encontrado em residência no PI

Na madrugada desta sexta-feira (07/05), a Polícia Civil encontrou os restos mortais da mulher identificada como Maria Jaqueliny Mendes e Silva em uma residência situada na Rua 6 do bairro Monte Verde, na zona Norte de Teresina. Ela estava desaparecida desde 2015.

Um suspeito, identificado como Jairo Silva Santana, foi preso durante a tarde de ontem e através das investigações, ele teria confessado que matou e escondeu o corpo da vítima, no qual teria se relacionado extraconjugalmente há aproximadamente 6 anos atrás.

Segundo informações exclusivas colhidas pelo repórter Kilson Dione, em um primeiro momento o acusado relatou que ocultou o corpo da mulher dentro de uma fossa na residência, fazendo com que a polícia por meio do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) se deslocasse até o local para realizar o trabalho de busca, mas durante o interrogatório, alguns policiais detectaram que o criminoso estaria mentindo.

Casa onde os restos mortais da vítima foram encontrados - Foto: Reprodução/Bom Dia MN

“Ele mentiu para a polícia dizendo que tinha sido na fossa, ela estava no buraco ao lado. Ele cavou um buraco de 2,5 metros e jogou o corpo lá dentro enrolado em um lençol e por cima dela ele jogou todas as roupas dela”, declarou um policial que participou da ação.

Jaqueline é da cidade de Dom Expedito Lopes, no Sul do Piauí e deixa uma filha. Os restos mortais da vítima foram colhidos pelo Instituto Médico Legal (IML). A polícia vai continuar investigando o caso para identificar se ele havia vendido a residência para outra pessoa, ou se ela estava apenas alugada e as possíveis causas que levaram o acusado a cometer o crime de feminicídio.

Jairo Silva Santana foi preso e confessou a autoria do crime - Foto: Divulgação/Polícia Civil

Fonte: Meio Norte
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html