Header Ads

Vírus pode se alastrar em Barras. Entenda!

Sem fiscalização durante Semana Santa, vírus pode se alastrar e ficar incontrolável em Barras

Não há vacinas para todos os barrenses. Pra completar a Prefeitura de Barras não aderiu ao grupo de prefeitos para a compra de vacinas contra o Coronavirus. Batalha que está a 38 km de Barras tem um prefeito comprometido com sua população e aderiu ao grupo. Água Branca, cidade com pouco mais de 17 mil habitantes também tem um "prefeito de vergonha" que prioriza a saúde de seu povo e também aderiu ao Consórcio para a aquisição de vacinas.

Barras, sexta maior cidade do Piauí, não tem prefeito, pelo menos no que diz respeito à enfrentar com responsabilidade e seriedade a pandemia.  É fácil chegar a essa conclusão quando não se ver uma fiscalização de verdade nem na cidade e nem no interior. Para a atual gestao a prioridade é gastar quase 5 milhões com combustível e meio milhão com polpa de sucos. Tal atitude da gestão é uma afronta à quem sente na pele os impactos da crise econômica causada pela pandemia.

Falta moralidade, respeito e compromisso principalmente para com quem depositou um voto de confiança na atual gestão. Muitos irão pôr a culpa da proliferação do vírus na população, e é evidente que nós como sociedade temos sim nossa parcela de culpa, mas pra que serve mesmo um prefeito em meio a uma calamidade como a que estamos vivenciando? Será mesmo que um gestor não tem também sua parcela de culpa? É ou não é responsabilidade de um prefeito fazer valer os serviços de fiscalização, orientar sua população, e lutar pela saúde de seus munícipes? Reflita e responda se puder!



Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html