Header Ads

Professor batalhense pode ter sido levado em Barras para o “cheiro do queijo”

FONTE: JORNALESP

A Policia Civil do município  de Barras, está debruçada a todo vapor no desvendamento do assassinato do ex-Professor batalhense, Marcílio Augusto do Nascimento Borges de 42 anos de idade.

Entenda o caso

Marcilio Augusto, que foi diretor das Unidades Escolares: Conselheiro Saraiva e Dedila Melo na cidade de Batalha,  foi encontrado morto com várias perfurações de faca na manhã do dia 30 de março na zona rural de Barras.

O Educador que se destacou na área Cultural na região norte do estado, tendo seu ápice no Grupo Cultural batalhense, Arraiá dos Matutos, ganhador de diversos festivais na região do Território  dos Cocais.
O fato é que circula nas redes sociais um áudio com a voz de um rapaz convidando  a vitima para participar de um churrasco familiar na cidade de Barras.

Familiares da vitima chegaram a relatar que o mesmo chegou a desconfiar do convite, e inclusive teria enviado a conversa que teve com o jovem barrense para seu advogado questionando se deveria ir a viagem ou não.

“O convite era para um churrasco meio dia, e ele (Marcilio), temendo alguma coisa de ruim, foi apenas depois das 16:00 horas”, disse um primo da vitima.

Segundo alguns familiares do educador, o mesmo, teria sido levado para o “cheiro do queijo”, ou seja, a noticia do falso churrasco seria apenas para enganar a vitima.
Outra informação colhida pela nossa equipe de reportagem do jornalesp.com foi a de que o Professor Marcilio e o jovem já teriam tido uma briga no passado durante um festival de quadrilhas no município de São João do Arraial.

Familiares relataram ainda que o veiculo do Professor foi levado para a cidade de Teresina para realização de exames detalhados, já que possivelmente a vitima tenha entrado em luta corporal e sido morto no interior do mesmo.
De acordo com um integrante da família do educador, o comentário é que mais de uma pessoa participou da execução e que o local onde a vitima foi encontrada próximo a Ponte do Rio Longá tenha sido apenas para a desova do cadáver.
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html