Header Ads

Piauí tem 73 pessoas na fila de espera por leitos clínicos e de UTIs

Na manhã desta quinta-feira, 11 de março, o programa Bom Dia Meio Norte realizou uma entrevista com Alderico Gomes, superintendente de Gestão da Rede de Média e Alta Complexidade do Piauí. Com números alarmantes, o gestor afirmou que o Piauí se encontra com 73 pessoas na fila de espera e defendeu a adoção do lockdown total.

“A gente tem atualização dos dados, 08h, 14h e 18h. Vou falar sobre os dados de 18h de ontem, a gente estava com a fila de espera de 73 pacientes precisando ou de leito de UTI que é o código vermelho ou leito clínico que é o código laranja, o que mais predomina são os pacientes que tem indicação de leitos de UTI que são 51. O sistema do nosso estado colapsou, a gente já vinha alertando, o COE se posicionando sempre com medidas mais incisivas de restrição haja visto que a vacinação ainda está a passos largos. Todas as nossas regiões de saúde estão com 95% de ocupação, ontem mesmo a gente só tinha 11 vagas de UTI em Teresina que são prontamente ocupadas, ontem tivemos 21 óbitos, desses 10 na capital, Piracuruca, Marcolândia, Luzilândia, Parnaíba e Capitão de Campos, que é uma cidade que já esta chamando muita atenção pelo numero de casos e mortalidade. Estamos com uma taxa de transmissibilidade alta, aumentou 53% e nossa taxa de mortalidade aumentou em 96%”, afirmou.


Alderico Gomes defendeu a posição do país inteiro adotar um lockdown total. “A gente tem um estudo da professora Esther bem como um estudo do professor Emidio Matos que no dia 20 de março a gente vai precisar de 460 leitos de UTI, hoje nós estamos com 384, que é o pior cenário da nossa situação. A gente já vem desde janeiro alertando as autoridades, falando sobre a nossa conduta do COE que precisava de medidas restritivas mais enérgicas, sempre fui favorável ao lockdown, que seria o fechamento total de pelo menos 14 dias e na semana seguinte abrir gradativamente todos os setores. A posição do COE é unânime para o lockdown”, disse.

“A posição do governador Wellington Dias é de fazer um Pacto Nacional pela Vida, haja visto esses números crescentes de contaminação e mortalidade. Segundo a OMS nosso país vai chegar a mortalidade diária de 3 mil óbitos, são dados alarmantes e nos traz muita preocupação, quando se faz um lockdown a nível nacional essas medidas se tornam mais efetivas porque tem os aeroportos, as fronteiras que precisam de uma vigilância maior para que isso ocorra. Nesse estudo citado anteriormente feito pela Universidade Federal do Piauí, comandada pelo professor Emidio Matos, nós teremos 35 mortes por dia no Piauí, março e abril serão os piores meses no nosso Estado”, declarou.

Fonte: Meio Norte
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html