Header Ads

Idoso morre no chão de UPA em Teresina por falta de leitos

Um idoso, de 86 anos, morreu na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Promorar, Zona Sul de Teresina, após ser atendido no chão, na noite desta quinta-feira (18/03).

Ele chegou ao local em estado muito grave e com crise respiratória, mas por falta de leitos na unidade, acabou sendo atendido pelos profissionais no chão.

Por não ser possível fazer a remoção para uma maca durante o processo de reanimação, ele recebeu assistência no chão, mas não resistiu.


A Fundação Municipal de Saúde se manifestou sobre o caso:

A Upa do Promorar informa que o paciente em questão foi trazido para a sala vermelha nos braços por um familiar já em estado grave de parada cardiorespiratória, e foi recebido por um equipe de plantão que iniciou imediatamente o processo de reanimação enquanto era providenciada uma maca, pois todos os leitos da sala estavam ocupados inclusive leitos extras. Devido à gravidade da situação não era possível interromper o processo de ressuscitação cardíaca para mudá-lo de local. Foram usados todos os recursos possíveis para reanimação do paciente, no entanto ele já chegou à unidade em estado muito grave e veio a óbito.


Fonte: 180 graus
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html