Header Ads

A Tragédia da Pandemia em Barras

Nesta quarta 10/03, Barras registrou a infeliz marca de 3.593 casos confirmados da Covid-19. No momento 62 pessoas estão infectadas e travam uma luta desigual contra vírus invisível, 42 pessoas estão em isolamento, 85 pessoas vivem o drama, a angústia no aguardo da confirmação ou não confirmação da Covid. O número de pessoas hospitalizadas subiu para 20. Seis pessoas lutam pela vida em leitos de UTI.

Diante do cenário preocupante, a prefeitura através da Secretaria Municipal de Saúde de Barras tem o dever de tomar medidas urgentes, ações sérias no combate à pandemia. A atual e triste situação de Barras poderia ter sido evitada, se medidas sanitárias eficazes e políticas públicas coordenadas tivessem sido implementadas para a diminuição e enfraquecimento do espalhamento do vírus.

É preciso que o prefeito de Barras Edílson Capote venha a público fazer esclarecimentos aos barrenses sobre a não adesão da prefeitura no Consórcio Público para a aquisição de vacinas contra a Covid-19. Como gestor, Edílson deve apresentar a população medidas urgentes e eficazes para evitar que o pior venha acontecer em Barras. Já está mais do que na hora de Capote assumir a postura de prefeito e atuar na linha de frente no combate à pandemia, tal atitude é o mínimo que os munícipes esperam do  gestor da 6° maior cidade do Piauí. 
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html