Header Ads

Sem argumentos, Capote/Wilson e assessoria se calam diante de pedido de cassação

O Prefeito eleito Edílson Capote, o prefeito usurpador Wilson Sérvulo e sua fraquíssima assessoria de comunicação preferiram dá o calado como resposta ao pedido de cassação de mandato feito pelo Ministério Público Eleitoral devido a constatação de vários crimes de corrupção cometidos no período eleitoral que culminou com a maior operação de combate à corrupção da história do Piauí realizada pela Polícia Federal, a operação DEMOCRACIA PESCADA.

Nos grupos de zap e em rodas de conversa tradicionais de Barras, quando se fala na matéria https://www.mppi.mp.br/internet/2021/01/ministerio-publico-eleitoral-pede-cassacao-de-prefeito-de-vice-e-de-seis-vereadores-eleitos-em-barras/ os peixes e piabas do rabo seco ficam "MUDOS" caladinhos, já prevendo a cassação do mandato de Capote que pode acontecer a qualquer momento. Aqui se faz, aqui se paga. A justiça tarda mais não falha, e eles, os corruptos, sabem bem disso. O Portal democrático Barras É Notícia, abre aqui espaço aos assessores de Capote, ou de Wilson, para que se pronunciem à população e até mesmo aos seus eleitores sobre matéria acima citada. ESPAÇO ABERTO!

Numero p/contato: 9 9436 9109 zap
Email: jornalistafduarte@gmail.com
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html