Header Ads

Com apoio de Capote, Emília ou melhor Jovelina é eleita presidente da Câmara

A palavra de um homem vale mais do que sua alma. Esse ditado popular se aplica à homens que honram sua palavra, o que não é o caso do prefeito eleito Edilson Capote e investigado pela PF. O mesmo Edílson que cravou que seu irmão Wilson Sérvulo tinha 10 caras, após as eleições já mostra que manter a palavra não é uma de suas qualidades. A mais nova vítima das palavras não cumpridas por Capote é a ex-presidente da Câmara Emília Maciel.

No período eleitoral, buscando o apoio político de Emília, Capote prometeu um pacotão de benefícios a vereadora, dentre os quais: apoio a sua reeleição e secretarias, dentre outras regalias. Emília e seu grupo se deixou enganar pela velha raposa e agora pós vencer as eleições, Capote negou apoio a reeleição de Emília, dando -lhe um verdadeiro balão. Pessoas ligadas a Capote afirmam que o gestor não confia em Emília. Já Jovelina sim, dispõe de total confiança de Capote e seu grupo. Outro ponto a se destacar é que já prevendo sua cassação, o prefeito Capote já se resguarda colocando à frente da Câmara a vereadora Jovelina, contrariando os planos de seus desafetos Roberto e Cynara que durante a campanha travaram uma queda de braço com Jovelina.

Agora, a pergunta que não quer calar: será que Edílson, irá cumprir com a segunda palavra dada a Emilia, já que a primeira não foi cumprida? Enquanto isso Emília e seu grupo terão que engolir a contra gosto a Vitória de Jovelina como presidente eleita com apoio total e detentora de grande confiança de Capote. Se Wilson tem 10 caras, Capote tem 10 palavras.

Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html