//// ANALYTICS //// Barras investe em ações de combate a pandemia da Covid-19 - Notícias de Barras, Piauí, Brasil e o mundo ::: www.barrasenoticia.com.br

Header Ads

Barras investe em ações de combate a pandemia da Covid-19

Desde meados de março, a gestão municipal de Barras vem tomando uma série de medidas para o enfrentamento da pandemia da Covid-19, por meio da Secretaria Municipal de Saúde foram articuladas diversas ações para combater tanto a doença como seus efeitos negativos para a cidade.

Uma das primeiras ações da prefeitura foi antecipar o decreto de isolamento social, que começou a vigorar no final de março, acompanhando as medidas tomadas pelo governo do estado. Ao mesmo tempo, foi iniciada a confecção de um plano de enfrentamento à Covid-19, que abrange todas as ações realizadas pelo município.

No mês de maio, foi realizado um processo seletivo simplificado com o objetivo de aumentar o número de profissionais no combate ao coronavírus. Também foram instaladas barreiras sanitárias nas quatro entradas da cidade (São Cristóvão, Batalha, Pedrinhas e Santinho) com o intuito de  fiscalizar e bloquear a entrada de viajantes com sintomas da doença na cidade e diminuir o número de contágios.

A gestão municipal adquiriu testes do tipo RT-PCR que diagnostica a doença em sua fase ativa e visa a identificação da pessoa doente de maneira rápida, para que o isolamento social seja adotado o mais precocemente possível. O secretário municipal de Saúde de Barras, Eduardo José, destacou que o município já realizou mais de 7000 testes Covid-19. “Se somarmos o números de casos descartados e confirmados, nós temos quase 7500 pessoas testadas durante este período”, afirmou. 

O gestor destacou, ainda, as ações feitas no município para combate ao coronavírus. “Na Atenção Básica, que é a chave do governo municipal, tudo foi feito: barreiras sanitárias, busca ativa, além da distribuição de mais de dez mil máscaras. Nós fazemos diariamente ações de sanitização em vias públicas do município”, ressaltou.

Outras ações tomadas no período foram a sanitização de prédios públicos e vias públicas de maior concentração de pessoas (como bancos e hospitais); aquisição de medicamentos, termômetro digital, oxímetro de pulso, protetor facial; realização de busca ativa de pacientes com realização de testes rápido no centro comercial (mercado) e no popular Shopping do Camelô; coleta de exames de pessoas em domicílio; e pagamento de insalubridade a todos os profissionais de saúde.

Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html