//// ANALYTICS //// Advogado esculhamba agentes penitenciários e classe se revolta - Notícias de Barras, Piauí, Brasil e o mundo ::: www.barrasenoticia.com.br

Header Ads

Advogado esculhamba agentes penitenciários e classe se revolta

A Associação Geral dos Policiais Penais do Piauí (Agepen-PI) divulgou nota de repúdio contra um advogado que teria feito uma postagem em suas redes sociais ofendendo a classe.

A Agepen divulgou imagens em que o advogado estaria tratando da penitenciária de Altos e dos agentes penitenciários de forma pejorativa.

"Na nova penitenciária de Altos PI famosa cascavel (CPA) mais poderia ser chamada de assassina frigorífico humano verdadeiro lugar de crueldade eu nunca ficaria preso nesse lugar Lugar desumano cheio de agentes penitenciários safados verdadeiros torturadores", diz a postagem divulgada.


Em outro print divulgado, o advogado também teria feito críticas ao presidente da OAB-PI, Celso Barros Coelho Neto.


A nota foi assinada pelo diretor presidente da associação, Marcos Paulo Viana Furtado, que repudiou as declarações e afirma que "tal postura aflore de uma advogado, que ao assumir a profissão juramentou zelar pela ética e imparcialidade".

Confira a nota completa:


Ao 180, o advogado Joan Oliveira Soares se manifestou sobre o caso, confira:

Direito de Resposta do Advogado Dr Joan Oliveira Soares em relação a nota de repúdio da Associação dos Agentes Penitenciários. O Advogado Joan Oliveira vem repudiar uma notinha de perseguição pessoal que ja até sabe o porque feita através do Diretor dos Agentes Penitenciários do Piauí e afirma que não irá se intimidar de forma alguma que não nasceu para ser intimidado que podem ficar cientes que o advogado utililizou-se de ferramenta privada status do seu Whatsapp profissional de contato com seus clientes e familiares de pessoas presas de pequena monta e que não publicara em rede social para pessoas indeterminadas, Senhor Diretor vamos utilizar o bom senso utilizar meu nome em uma nota sem pé e sem cabeça apenas servindo como meio de perseguição pessoal de um advogado safado que me perseguem há anos, não vou me intimidar não, não vou me esconder, aqui não é homem macho que nasceu para ter medo não, e mesmo assim ainda estou acobertado pelo direito constitucional do livre direito de expressão, só o que há na notícias são de mortes de detento e possíveis práticas de torturas que estão sendo praticadas contra presos não venha querer me intimidar por meio de nota ou mediante qualquer coisa, ter medo de um processo sem rumo até por que estou acobertado pelo meu direito de se manifestar esqueceu que além de advogado , eu sou cidadão? Pasme ! Senhor Diretor, me processe ! Porque suas pífias acusações que são temerárias e trepidantes cairão por terra, por que além de estar em um espaço íntimo privado status de Whatsapp, o senhor sabe o que é isso ?? Status privado de Whatsapp ?? Não vou me calar diante de sofrimento humano, estar por todas as redes de notícias, o colapso do sistema penitenciário do Piauí, eu sou livre para falar eu sou advogado não tenho medo de quem seja for, eu respeito é a Constituição Federal de 1988 que em seu art.5, inciso, diz que é livre a manifestação do pensamento sendo vedado o anonimato, leia a Constituição Senhor Diretor por favor , por fim vem ressaltar que o advogado JOAN OLIVEIRA SOARES sempre prezou pela ética e respeito às instituições só agora vem vê seu nome envolvido em polêmicas partidas por um advogado safado que pegou uma publicação sua com alguém mais ainda mal intencionado e jogou o print no grupo dos agentes penitenciários só por isso já vê uma perseguição pessoal e que aguarda o processo com felicidade para se defender sendo que é o que mais gosta de fazer. Assinado o Advogado Joan Oliveira Soares OAB PI 10814

Internações e mortes em cadeia

A Cadeira Pública de Altos ganhou notoriedade nos últimos dias após alguns presos serem internados após passarem mal. Pelo menos seis deles chegaram a morrer e um deles fugiu do hospital em que estava internado. Algumas pessoas afirmam que os presos foram envenenados. O caso ainda é apurado.

Fonte: 180 graus
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html