Header Ads

Detento da Cadeia de Altos está entubado com suspeita de COVID-19

Uma preocupação toma conta o sistema penitenciário do Piauí, principalmente aos presos e funcionários da Cadeia Pública de Altos. O motivo é porque, segundo a advogada criminalista Lina Brandão, um detento de 35 anos estaria em estado grave com COVID-19 aguardando resultado da doença que deve sair em até sete dias. 

O preso, segundo a advogada, está entubado em estado grave em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Urgência de Teresina (HUT). O que agrava a situação é porque o rapaz teve contato nos últimos dias com outras pessoas dentro da cadeia.

A advogada informou que solicitou da Secretaria de Justiça e do HUT informações do detento. A Secretaria de Justiça informou que o preso tinha passado por teste rápido para a doença, mas deu resultado negativo. Porém, esses testes podem dá um resultado falso negativo.

"A assistência social informou que ele está na UTI respiratória de COVID-19 e o hospital aguarda o resultado. Se ele está respirando por aparelhos, com problemas respiratórios graves, no setor de Covid e com o pulmão muito afetado, isso leva a crer que ele tenha a doença", diz a advogada.

No início da semana a Secretaria de Justiça divulgou uma nota informando que 48 presos da Cadeia Pública de Altos sofreram uma intoxicação possivelmente por água ou alimento e que passaram por exames. Mas a Sejus negou que havia a suspeita de algum preso com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus.

Unidade prisonal onde estava o detento / Foto: Portal GP1
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html