Header Ads

Detento do Piauí usa celular em live de Marília Mendonça

Um detento Penitenciária Major César de Oliveira, de Altos (42 km de Teresina), de alguma maneira, teve acesso a um telefone celular e assistiu a live da cantora Marília Mendonça. Durante a live, que foi sucesso e bateu recorde no YouTube, o detento pediu que a intérpetre mandasse um "Salve para o Pessoal da Major César".

Foto - Reprodução

Outro caso aconteceu na Unidade Prisional de Anápolis (GO), onde um detento teve o celular apreendido, já que presos não podem ter telefones, ao também pedir durante o show na quarta-feira (9), que Marília Mendonça desse um "Salve do Presídio do Recanto do Sol Anápolis-GO".

A Administração da Penitenciária Major César de Oliveira informou não saber que um detento da instituição prisional tivesse escrito mensagem nas redes sociais durante a live de Marília Mendonça e prometeu fazer uma revista para encontrar possível uso de telefone celular no presídio, que é de regime semiaberto.

Em nota, a administração da Unidade Prisional Regional (UPR) de Anápolis informou que o aparelho apreendido está à disposição das autoridades competentes para os fins cabíveis.

A cantora Marília Mendonça conseguiu mais de 3,2 milhões de espectadores simultâneos em sua live.

No Twitter, Marília também quebrou recordes. Com uma hora de transmissão, a cantora ficou nos 30 "assuntos do momento" mais comentados na rede social.
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html