Header Ads

Zé Joaquim e Secretária abandonaram Cabeceiras, denunciam Vereadores. Entenda!

Os vereadores de Cabeceiras Marcos Tadeu Costa, Elenita Macedo e Maria do Carmo Sousa denunciaram a ausência – por quase 30 dias – do prefeito José Joaquim e da secretária Municipal de Saúde, Ana Mota, que também é primeira-dama do município. Os vereadores se dizem preocupados com o abandono da cidade num momento de crise mundial que atinge das cidades maiores aos menores municípios.
O vereador Marcos Tadeu visitou postos de Saúde e verificou que as equipes não estão instruídas com relação a ações referentes ao controle do coronavírus. Segundo ele, nenhuma recomendação foi feita para os agentes de saúde com elação ao covid-19. “As pessoas questionam: mas no município não tem nenhum caso! Como saber se não existe algum caso? Não existem testes, nem triagem e nem acompanhamento das pessoas. Não existem nem recomendações sobre como agir em caso de casos suspeitos
Ele ligou para a secretária de Saúde, Ana, e ela confirmou estar ausente do município desde o dia 20 de março.
“É necessário que ele preste conta dos mais de R$ 170 mil que o município recebeu para as ações de prevenção ao coronavírus”, lembrou o parlamentar.
A vereadora Elenita Macedo lembra que o prefeito não pode se ausentar por mais de 20 dias sem pedir permissão para a Câmara de Vereadores. “A Lei orgânica,no capitulo 3, afirma que o prefeito não pode se ausentar do município sem licença da câmara dos vereadores, salvo pelo prazo de 20 dias.O prefeito e a secretária de Saúde estão ausentes a mais de 26 dias. Se ele não quer estar à frente neste momento, que passe para o vice. Se o vice não quiser, passe para a presidente da Câmara. O presidente também é médico pode contribuir para o município em momento de crise na saúde”, diz Elenita.
Fonte: Maria Carcará 
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html