//// ANALYTICS //// Governo envia Bombeiros para Barras e mais 2 cidades alagadas; risco de vírus isola famílias - Notícias de Barras, Piauí, Brasil e o mundo ::: www.barrasenoticia.com.br

Header Ads

Governo envia Bombeiros para Barras e mais 2 cidades alagadas; risco de vírus isola famílias


O Corpo de Bombeiros vai enviar equipes para reforçar o trabalho de resgate às famílias desalojadas por alagamentos nas cidades de Barras, Batalha e Esperantina, que foram atingidas pelas fortes chuvas no último fim de semana. As cidades estão entre os nove municípios alvo do decreto de situação de emergência por conta das enxurradas.
Segundo o secretário de Defesa Civil, Geraldo Magela, os rios Marataoan e Longá estão acima da cota de inundação e as famílias estão sendo retiradas das áreas de risco. Foram enviados kits de ajuda humanitária para as cidades.

A epidemia do novo coronavírus traz um novo desafio para o atendimento às famílias desabrigadas, que devem ficar em locais isolados.

“Solicitamos que as defesas civis municipais levassem as pessoas para locais isolados que não colocassem famílias distintas no mesmo alojamento para evitar proliferação de doenças, especialmente a epidemia do coronavírus”, disse Magela.

Nove cidades em situação de emergência

Nove municípios do Piauí estão em situação de emergência pela ação das enxurradas que desabrigaram centenas de famílias nas últimas semanas. O governo já havia de estado de calamidade por conta da pandemia do novo coronavírus.

O decreto de situação de emergência vale em toda extensão territorial dos municípios de Piripiri, Barras, Batalha, Esperantina, Buriti dos Lopes, Brasileira, Campo Maior, Lagoa Alegre e Ilha Grande, localizados nas regiões mais atingidas pelo volume de chuvas.

"Nos meses de fevereiro e março de 2020 foram registradas precipitações pluviométricas acima da média histórica em diversos municípios" do estado, em especial na região Norte

O governo do estado decretou a situação de emergência em publicação oficializada no Diário Oficial do Estado e válida desde o dia 19 de março. Mais de 800 famílias foram atingidas no Piauí por causa das fortes chuvas registradas no estado nos últimos dias, chegando a desabrigar 212 famílias. 

Com o decreto, “ficam autorizadas a mobilização de de todos os órgãos estaduais e municipais para atuarem sob a coordenação da Secretaria de Defesa Civil”. 

As autoridades administrativas e os agentes de defesa civil, em caso de risco iminente, ficam autorizados a entrar nas casas para prestar socorro e pronta evacuação.

A situação de emergência decretada pelo Estado prevê ainda a convocação de voluntários da sociedade civil e o uso de propriedades particulares, em caso de iminente perigo. 

Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html