Header Ads

Autoridades de Saúde do Piauí, tratam o caso do médico do Hospital Leônidas Melo, ainda como "caso suspeito"


As autoridades de Saúde do estado do Piauí, tratam o caso do médico do Hospital Regional Leônidas Melo, ainda como "caso suspeito". O caso do médico plantonista do Hospital, foi relatado através de umas das coordenadoras do hospital em mensagem/audio, onde ela relata a atual situação. De acordo com o áudio, todos os profissionais de saúde, assim como os pacientes que tiveram contato ou foram atendidos pelo médico, estão sendo catalogados afim de serem submetidos a exames. 
Como está o médico no momento?

De acordo com informações, apuradas pela redação do portal Barras É Notícia, o profissional passa bem no momento.

"Não há motivo para pânico"

“Não há motivo para pânico. Todo mundo sabe que o Covid vai atingir 80% da população. As pessoas podem manifestar de forma leve, média ou grave. A gestão já orientou o isolamento social, que é pedido pelo protocolo. Enfim, a gente sabia que mais cedo ou mais tarde isso ia acontecer, ou por um profissional ou por paciente”, disse a coordenadora.

Querem deixar a população em pânico 

A informação está sendo amplamente divulgada por sites da região, da capital, e por fakes, muito em parte para espalhar o pânico na população, mesmo sem a confirmação das autoridades em saúde do Piauí.

Boletim da Secretária de Saúde do Estado

No boletim divulgado pela secretaria estadual de saúde na noite desta quinta-feira (26) o caso do médico do HRLM, não foi registrado como confirmado. A Cievs revela que dos 60 municípios com casos registrados, apenas Teresina tem pacientes testados como positivo para o Covid-19 no Piauí
Números no Piauí 

A Secretaria de Estado da Saúde (SESAPI) divulgou no fim da tarde desta quinta-feira (26), os novos números relacionados ao coronavírus no Piauí. Segundo o boletim, subiu para 9 os casos confirmados do Covid-19, sendo 190 ainda suspeitos, 192 descartados e 391 notificados no Estado.

Devemos aguardar pelo posicionamento da Secretária de Saúde do Estado, que deverá informar se realmente o caso do referido médico está confirmado ou não. Afinal como informamos no boletim divulgado pela secretaria na noite desta quinta (26) o caso do médico do HRLM, ainda não foi registrado como confirmado.
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html