Header Ads

Bessah Filho assume cadeira efetiva na ALEPI e cobra “Estado mais moderno”

Dez anos depois a cidade de Oeiras volta a ter uma cadeira efetiva na Assembleia Legislativa do Piauí, o deputado estadual Bessah Filho assumiu na manhã desta terça (07) o mandato no legislativo estadual e trouxe a primeira capital de forma cativa ao parlamento. Com uma proposta de modernizar a máquina pública o deputado troca somente a nomenclatura e deixa de ser suplente, Bessah assume a cadeira de Fernando Monteiro que faleceu no fim do último ano.

Sem uma cadeira efetiva na Assembleia desde a saída de Assis Carvalho e Mauro Tapety em 2010, a cidade de Oeiras volta “aliada” a Wellington Dias por todos os lados. Vale destacar que mesmo nascido em Oeiras o deputado Hélio Isaías tem base político no sul do estado. Bessah descartou qualquer possibilidade de mudar de posicionamento político e fazer oposição ao governador.

“Meu grupo político em 2014 foi um aliado de primeira hora do governador Wellington Dias, na época ele estava construindo sua candidatura a governador e nós fomos aliados dele” disse o político

O deputado ainda cobrou uma máquina pública menos pesada para estados e municípios e defendeu a modernização da administração com técnicas mais eficientes e privatização de serviços não essências.

“É preciso se adequar para que os estados e municípios brasileiros possam fazer mais investimentos, deixar esse estigma e preconceito, há uma necessidade de modernizar a máquina, privatizar serviços não essenciais para se ter uma administração mais eficiente” finalizou o parlamentar

Bessah Filho assina o termo de posse

BELÊ TAMBÉM ASSUME

Outra parlamentar que volta a Assembleia é a deputada Belê Medeiros (Progressistas), a picoense que era a quinta suplente e se torna a quarta com a posse de Bessah, assumirá após a convocação da presidência da casa dentro do prazo também estabelecido pelo regimento. Em relação a vice-presidência da Casa, o presidente da Assembleia Themístocles Filho revelou que somente após o retorno dos trabalhos o tema será tratado. A Assembleia retoma as atividades em plenário no dia 3 de fevereiro.


Fonte: Douglas Cordeiro
Tecnologia do Blogger.
google-site-verification: google2b0840f1e7609044.html